Photo: Michelin

Notice: Undefined variable: html in /home/prego/pregoafundo.com/modules/mod_specialhtml/mod_specialhtml.php on line 44
Thierry Neuville vence na Suécia
Domingo, 18 Fevereiro 2018 00:00

ThumbnailA Hyundai Motorsport conquistou a sua primeira vitória nas etapas nevadas do Rali da Suécia, com Thierry Neuvillea liderar um resultado 1-3-5 para a equipa, no segundo evento do Campeonato do Mundo de Ralis FIA 2018.

 

O Belga, em conjunto com oseu navegador Nicolas Gilsoul, esteve em excelente forma durante todo o fim de semana, celebrando 5 das 8 etapas que a equipa ganhou,o piloto da Hyundai adotou uma estratégia inteligente para este evento. Depois de assegurar a liderança na etapa de Svullrya(SS3), na sexta-feira, a dupla do carro #5 não voltou a abdicar da sua vantagem em relação aos rivais.

O terceiro lugar de Mikkelsen assegurou o duplo pódio para a equipa na Suécia, bem como o primeiro resultado no TOP3 para o norueguês como piloto da Hyundai Motorsport, no seu quinto evento com a equipa.

O piloto Jari Huttunen, do Programa de Desenvolvimento de Pilotos da Hyundai Motorsport(HMDP) fez uma entrada forte no campeonato ao terminar o Rali da Suécia no sexto lugar, da competitiva categoria WRC2. Jari e o seu navegador Antti Linnaketo, causaram ótima impressão frente aos seus formidáveis rivais, com maior experiência, ao dominar rapidamente as etapas nevadas do Rali da Suécia com o seu Hyundai i20 R5.Ao vencer as etapas SS3 e SS19 e ao classificar-se no TOP3 em várias etapas,a dupla do HMDP demonstrou o seu verdadeiro potencial.

Domingo dramático

A etapas finais de ontem estiveram repletas de tensão e drama. As duas voltas pela etapa de Likenäs,com 21,19km,serviram como percursor do suspense que aguardava a etapa final do rali, uma comparativamente mais pequena por Torsby, de 9,56km.

Uma das batalhas mais renhidas deu-se ao final da manhã, entre Paddon e Lappi, onde apenas 2,9 segundos separavam as duas duplas rumo à Power Stage. Infelizmente, um problema com o motor impediu Paddon de manter o seu lugar, e a consequente perda de tempo fê-lo cair para o quinto lugar da classificação geral.

Mikkelsen assegurou o terceiro lugar na Power Stage, que lhe conferiu pontos extra para a classificação de pilotos, enquanto Neuville somou dois pontos ao seu registo de vitória. O belga encontra-se agora no primeiro lugar do campeonato de pilotos enquanto a Hyundai Motorsport lidera o campeonato de construtores.

Neuville afirmou: “Que resultado incrível! Tivemos um começo dececionante em Monte Carlo, mas não deixamos que isso nos desanimasse. Mantivemo-nos focados e concentramo-nos em obter um bom resultado na Suécia. Sabíamos que a luta pela vitória ia ser renhida,mas chegamos com o objetivo de ripostar, e a meu ver fizemo-lo perfeitamente. Não esperávamos obter a liderança tão cedo por isso tivemos que adotar uma estratégia inteligente para, em certas alturas, defender a nossa vantagem e aumentá-la sempre que podíamos. No ano passado senti que merecíamos a vitória, mas ainda mais este ano. Não pude esticar-me na power stage porque a vitória significava muito para a arriscar, por isso terminar a última etapa com dois pontos extra foi ótimo. Estamos na liderança do campeonato,por isso estamos no bom caminho. Graças a toda a equipa. Temos muitas pessoas a trabalhar de forma incansável diariamente nos bastidores para nos dar um carro competitivo, com o qual podemos lutar por vitórias como esta. Esta vitória é para eles!Foi um fim de semana fantástico para todos.”

Mikkelsen comentou: “É uma sensação fantástica, a de estar no pódio pela Hyundai Motorsport pela primeira vez. Tivemos um fim de semana bastante consistente e disfrutamos da manhã de domingo de forma suave. Eu queria dar um impulso na Power Stage mas,ao mesmo tempo, não queria arriscar o pódio. No final, conseguimos terminar com quatro pontos extra e o terceiro lugar, o que foi muito motivante. Mais do que isso, foi um excelente fim de semana para a equipa como um todo, damos os nossos parabéns ao Thierry e ao Nicolas pelo magnifico resultado. É ótimo poder partilhar este sucesso, e ver a equipa na liderança do Campeonato,ainda que estejamos no inicio da temporada.

Paddon comentou: “Foi um final desapontante depois do fim de semana positivo que tivemos. Foi apenas um pequeno erro na Power Stage, que empatou o carro e fez-nos perder demasiado tempo para podermos defender o quarto lugar. É o que é. Este ano não estamos na luta pelo campeonato por isso ficar em quarto ou em quinto não tem grande importância. Podemos retirar vários aspetos positivos deste evento e estou ansioso por dar continuidade a esta tendência no meu próximo evento WRC em Portugal. Estou feliz por ter feito parte deste rali tao competitivo e mal posso esperar por estar novamente atrás do volante.