Photo: Michelin

Notice: Undefined variable: html in /home/prego/pregoafundo.com/modules/mod_specialhtml/mod_specialhtml.php on line 44
José Pedro Fontes fecha ano a vencer
Segunda, 14 Novembro 2016 00:00

ThumbnailRali Casinos do Algarve fecha a temporada dos ralis nacionais, com José Pedro Fontes a fechar com chave de ouro a época somando ao palmarés o Troféu Ibérico de Ralis FIA. Diogo Gago sagrou-se campeão nacional nas 2 rodas motrizes, Carlos Fernandes leva de vencida a Taça FPAK de Ralis Asfalto e Diogo Soares triunfa no Challenge DS3 R1.

Uma serra de Monchique banhada pelo sol outonal recebeu os concorrentes da edição do Rali Casinos do Algarve para o segundo dia de prova. Partindo na frente da corrida José Pedro Fontes, navegado por Inês Ponte no Citroën DS3, manteve a toada ofensiva, vencendo mais três provas especiais e carimbando a vitória no rali. Fechou com chave de ouro a última prova do campeonato somando o título ibérico FIA de Ralis. João Barros e Jorge Henriques (Ford Fiesta R5) foram os mais rápidos na segunda passagem pela Fóia e ficaram no segundo posto, tendo protagonizado na primeira ronda uma animada disputa com Pedro Meireles, que viria a desistir no final da PE 7 com problema no Skoda Fabia. Autores de uma prova consistente o pódio foi fechado pela dupla Carlos Vieira/Jorge Carvalho em Citroen DS3 R5, que se superiorizaram a Miguel Barbosa e Miguel Ramalho em Skoda Fabia R5.

Jogando em casa, Diogo Gago e Hugo Magalhães, foram autores de uma prova irrepreensível, comprovada pelas vitórias em todas as especiais nas duas rodas motrizes, conquistando o título nacional CNR2. Gil Antunes e Diogo Correia foram os segundos do CNR2 e sagraram-se campeões da classe RC3.

Daniel Nunes aliou a rapidez ao espetáculo para somar uma vitória na Taça FPAK de asfalto, mas foi Carlos Fernandes quem levou o título para casa, arrancado na última especial a Eduardo Veiga que levou o Ford Escort MK II ao terceiro posto.

Partindo para a segunda etapa em Rally2, Diogo Soares conseguiu vencer o Desafio Challenge DS3, ficando a vitória no rali e na RC5 nas mãos de Gonçalo Inácio. Nota ainda para as prestações de Ricardo Teodósio, Márcio Marreiros, Cipriano Antunes e Hugo Lopes, que venceram entre os GT, RC2N, Clássicos e Iniciados, respetivamente.

A consagração dos últimos vencedores teve lugar em frente ao Hotel Algarve Casino, um ótimo cenário para terminar uma prova que animou os concelhos de Portimão, Lagos e Monchique.