Photo: Michelin

Notice: Undefined variable: html in /home/prego/pregoafundo.com/modules/mod_specialhtml/mod_specialhtml.php on line 44
Terra e asfalto na ementa para Meeke, Breen e Al Qassimi
Quarta, 12 Outubro 2016 22:14

ThumbnailPara a sua antepenúltima prestação, o Abu Dhabi Total World Rally Team inscreve três viaturas no Rali de Espanha. Tendo disputado, na semana passada, a Volta à Córsega, Kris Meeke/Paul Nagle e Craig Breen/Scott Martin ver-se-ão acompanhados por Khalid Al Qassimi/Chris Patterson. Com o seu percurso misto, em terra e asfalto, a jornada catalã propõe um desafio único às equipas do WRC.

Desde 2010, o Rali de Espanha representa a singularidade, ao propor o único percurso misto do Campeonato do Mundo da modalidade. Após uma curta Especial na noite de quinta-feira em Barcelona, os concorrentes atacam uma 1ª Etapa em terra, sendo que a prova pode, então, tomar um de dois rumos: caso chova ou haja ausência de vento para dissipar o pó, os primeiros pilotos na estrada terão vantagens inegáveis; no caso contrário, as trajetórias ficam marcadas no terreno com as várias passagens, pelo que uma posição de partida mais atrás será a ideal. No sábado e no domingo, as estradas asfaltadas oferecem um enorme prazer de condução, com o seu revestimento liso e o seu perfil largo, permitindo as melhores trajetórias. Atenção, no entanto, às pedras que se vêem atiradas para a estrada das cordas as curvas, as quais podem provocar furos!

Esta divisão permite alimentar uma forma suplementar de incerteza e os espetadores, sempre numerosos na Catalunha, podem aproveitar para assistir a dois ralis num só! Para as equipas, o desafio consiste na rápida adaptação às condições para se manterem entre os mais rápidos. Antes de dar por encerrada a sua temporada, no final do mês, no quadro do Rali da Grã-Bretanha, o Abu Dhabi Total WRT apresenta-se à partida com três carros.

Para Kris Meeke, trata-se de um rali à parte. Foi aqui que, em 2011, o britânico assinou o seu primeiro melhor tempo, antes de marcar os seus primeiros pontos no WRC. Nesta sua 9ª participação na prova catalã, o vencedor do Rali da Polónia e do Rali da Finlândia apontará a um resultado melhor do que o seu 5º lugar de 2015. Foi, também, neste terreno que Craig Breen inaugurou o seu pecúlio de pontos no WRC, em 2012, com um 6º lugar, então ao volante de um carro da categoria Super 2000. Esta será a 5ª participação do piloto irlandês na prova. Khalid Al Qassimi conta já com oito participações em Espanha, tendo um 7º lugar como melhor resultado, em 2010.

Apenas alguns dias depois do final do Rali de Marrocos, o piloto do Abu Dhabi irá retomar o ritmo ao volante de um World Rally Car. Para tal, efetua hoje uma curta sessão de testes, nos arredores de Salou. Kris Meeke e Craig Breen, por seu lado, apenas se irão sentar nas bacquets dos seus carros de prova na manhã de quinta-feira, por ocasião do shakedown.