Photo: Michelin

Notice: Undefined variable: html in /home/prego/pregoafundo.com/modules/mod_specialhtml/mod_specialhtml.php on line 44
Crónica de Mário Castro : "Um rali realizado mais com a cabeça do que coração..."
Quarta, 13 Novembro 2013 19:41

ThumbnailChegados á ultima prova do ano, a nossa equipa ainda tinha possibilidades (ainda que remotas) de alcançar o título absoluto mas tinha também uma forte possibilidade de se sagrar campeã Nacional do grupo de Turismo e por isso tivemos de encarar este rali de uma forma inteligente para pelo menos ficarmos com “um pássaro na mão”.

 

Sabia-mos que tanto o Ricardo Moura como o Bernardo Sousa iam arriscar tudo para vencer e nós teríamos de estar logo atrás, na pior das hipóteses, para aproveitar um possível percalço que pudesse acontecer aos dois. Entramos bem no rali mas na 2ª especial fomos demasiado cautelosos com medo de furar e perdemos algum terreno para os nossos principais adversários mas nada estava perdido. Na 3ª especial, a saída de estrada e consequente furo do Bernardo deixou o Ricardo bastante folgado para vencer o campeonato e sem a obrigatoriedade de andar a arriscar. Ainda que pareça não fazer sentido, esta situação foi má para nós pois para vencer o campeonato, mesmo que vencesse-mos o rali, seria quase certo que o Ricardo Moura ficaria bem classificado e não nos adiantava nada. Agora podem também perguntar; mas não seria importante uma vitória no rali?... Seria muito importante, mas mais importante seria (como foi) sagrarmo-nos Campeões Nacionais de Ralis – Grupo Turismo e se arriscasse-mos muito mais e tivesse-mos de desistir por qualquer motivo tornava esta época relativamente positiva, numa época desastrosa.

Com isto, terminamos em 2º no rali, fomos Vice-Campeões absolutos e campeões no grupo de Turismo mesmo depois de tudo o que se passou ao longo desta época que teve mais casos que muitos jogos de futebol e que eu me sinto muito prejudicado pois acabo por perder o título absoluto por apenas 3 pontos e mesmo o Pedro estaria neste ultimo rali do ano noutra situação completamente diferente da que esteve á partida. O Ricardo e o António Costa são uns merecidos vencedores, pois pelo menos nas provas em que não houve casos foram melhores que nós, mas também é verdade de que se esses casos não acontecessem, muita coisa poderia ser diferente.

Quero também agradecer todo o trabalho e apoio da nossa equipa de assistência (Sports & You) assim como a todos os amigos e familiares que nos apoiaram incondicionalmente e ainda aos nossos patrocinadores.

Um obrigado muito especial ao Pedro Meireles por mais uma vez apostar nos meus serviços como seu navegador.

Não estando nada confirmado,(e nem poderia estar porque nem sei se vai haver ralis, quantos ralis serão e que carros poderão correr), espero estar presente no CPR 2014, pelo menos para festejar os meus 20 anos de carreira.

Cumprimentos aos leitores de pregoafundo.com

Mário Castro